Portfolio

Espetáculo: Tempestade Inabitada

This slideshow requires JavaScript.

Sinopse: A peça “Tempestade Inabitada” abriu a temporada 2013 do Teatro Novelas Curitibanas. Inspirada nos contos de “A Vida Secreta dos Apaixonados” e nas novelas de “O Amor Começa no Inverno”, do escritor inglês Simon Van Booy, a peça tem sua estrutura em três personagens cujos nomes não são revelados – alguém que escreve uma peça de teatro, alguém que interpreta essa mesma história em primeira pessoa, dando vida, em cena, ao papel do escritor, e ainda alguém que conta outra história, dentro da peça. A história narrada é baseada na peça que está sendo desenvolvida e, nesse entremeio, o que se conhece é a existência de um casal que tenta se encontrar

Direção: Nina Rosa Sá

Texto: Nina Rosa Sá

Elenco: Silvia Patzsch, Karla Lara e Fabiano Amorim

Trilha: Edith de Camargo

Iluminação: Wagner Corrêa

Cenário: André Azevedo e Felipe Potenza

Produção: MKF Produções Artísticas

Espetáculo: Em Breve nos Cinemas

This slideshow requires JavaScript.

Premiações:

  • Prêmio Gralha Azul de Teatro 2012: Melhor Cenário
  • Prêmio Gralha Azul de Teatro 2012: 3 Indicações (Ator, Cenário e Espetáculo)

Sinopse: Esta é uma peça sobre um filme ou um filme sobre uma peça? Um documentário ou uma obra de ficção? Esta talvez seja uma peça sobre um filme sendo feito sobre um autor, lá nos Estados Unidos, escrevendo sobre o homem, sobre o estar no mundo, sobre crueldade e redenção. Em Breve nos Cinemas é uma tentativa de ficção a partir da vida e da obra do escritor David Foster Wallace, que extrapola limites, entre o real e o ficcional, entre cinema e teatro.

Direção: Nina Rosa Sá

Texto: Nina Rosa Sá e Mark Harvey Levine

Elenco: Cleydson Nascimento, Pablito Kucarz e Tatiana Blum

Trilha: Thiago Chaves

Preparação de atores: Babaya

Cenário: Fernando Marés

Figurino: Paulo Vinícius

Iluminação: Nadja Naira

Produção: Pró-Cult

Espetáculo: A Vaca Pródiga

This slideshow requires JavaScript.

Sinopse: A Vaca Pródiga, originalmente um texto curto, sugere uma brincadeira com a parábola do Filho Pródigo a partir do ponto de vista de uma vaca. O animal será sacrificado para ser oferecido de jantar na festa de retorno do filho. Oscilando entre a descrença na ignorância humana e a resignação sobre seu destino a vaca vocifera “nós as vacas, nascemos com um propósito, temos um objetivo de vida, serei a estrela deste jantar… vocês humanos, não sabem o sentido de sua existência”. A montagem do Teatro de Breque busca expandir alguns dos signos e contextos explícitos na obra, interagindo de modo a criar um diálogo criativo com a obra do norte americano. Cada um dos atores é responsável pela criação de um inter texto, a serem usados na forma de prólogo e epílogo do trabalho.

Direção: Nina Rosa Sá

Texto: Mark Harvey Levine

Elenco: Pablito Kucarz e Tatiana Blum

Trilha: Thiago Chaves

Adereços: Paulo Vinícius

Figurino: Tatiana Blum

Iluminação: Nina Rosa Sá

Produção: Pró-Cult

Realização: Teatro de Breque

Com Amor

This slideshow requires JavaScript.

Sinopse: Eu queria começar isto aqui contando uma estória simples. Com cenários e personagens simples.” Uma das primeiras falas do personagem, ao se referir a outra estória dentro da estória, já   estabelece do que se trata a peça. Com Amor conta a estória  simples de um homem e uma mulher separados espacialmente e donos de personalidades bastante divergentes. A narrativa então pretende criar um panorama que visite toda a vida deste jovem casal, desde o momento em que se conhecem na escola primária, passando por breves encontros e pela constante troca de correspondência, na busca pela realização de seus ideais  românticos, porém sem concretizar suas expectativas de amor

Direção: Nina Rosa Sá

Texto: Nina Rosa Sá

Colaboradores do Processo de Dramaturgia

  • MARK HARVEY LEVINE (USA)
  • ALESSANDRO MARTINS
  • MARIAH MOURA
  • MARIANA PORTO
  • RAQUEL LEITE.

Elenco: Pablito Kucarz, Rodrigo Lemos, Tatiana Blum, Thiago Chaves e Uyara Torrente

Direção Musical: Rodrigo Lemos

Assessoria Figurino e Cenário: Paulo Vinícius

Iluminação: Nina Rosa Sá

Vídeos: Fábio Allon

Produção: Pró-Cult

Realização: Teatro de Breque

 

Chiclete&Som

This slideshow requires JavaScript.

Sinopse: Movimento, ausência e espera. Solidão, morte, amizade e sexo. São excessos que o amor carrega e também o tema mais recorrente na obra de Caio Fernando Abreu. Chiclete & Som brinca com essa coisa ao mesmo tempo tão instigante e assustadora a todos nós: o amor. Que língua fala o amor? A lágrima também pode ter sabor de vodka e café. Desejos e vontades são insaciáveis. Deus bate ou apanha? Violência também é uma forma de amor. Ao menos que seja doce!

* Contemplado com o Prêmio Funarte Myriam Muniz 2009

Criação colaborativa a partir da obra de Caio Fernando Abreu

Direção: Nina Rosa Sá

Assistente de direção: Pablito Kucarz

Elenco: Pablito Kucarz, Paulo Vinícius, Rúbia Romani e Uyara Torrente

Iluminação: Nadja Naira

Figurino: Maureen Miranda

Cenógrafo/Aderecista: Adriana Madeira

Pesquisador Musical: Moacir Leal

Composição: Rodrigo Lemos


 

Na mídia

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s